5 dicas para uma operação logística eficiente

A logística tem evoluído bastante e tem tornado-se peça fundamental na estratégia de negócios, como a operação logística. Frente a isso, o foco deixa de ser totalmente voltado para as rotinas operacionais e passa a ser direcionado para a otimização dos processos e aprimoramento dos resultados, também.

Nos próximos parágrafos vamos citar algumas das melhores práticas que podem — e devem — ser adotadas para a melhoria da operação logística de seu negócio.

Vamos lá!

1. Monitoramento de transportes

O monitoramento de transportes trata-se de uma rotina que beneficia a empresa de diferentes formas. Entre elas, destacamos:

  • Acompanhamento do cumprimento das rotas que foram planejadas;
  • Conhecimento do status do transporte em tempo real, identificando ocorrências e elaborando ações mais acertadas, de modo mais ágil;
  • Possibilidade de oferecer o controle do status do pedido para os clientes, ou mesmo trabalhar com a notificação proativa, e nesse caso, o consumidor é avisado antes que entre em contato com a central.

Essa é uma atividade que permite acompanhar melhor o processo e identificar as falhas no momento em que elas ocorrem, e assim facilitando o levantamento das causas e a criação de soluções mais eficazes.

2. Melhores práticas na gestão de estoque

O estoque é uma área importante para a empresa e é centralmente responsável por controlar as quantidades de itens presentes em seu negócio. Sua gestão evita faltas e excessos e equilibra o atendimento da demanda com o estoque mínimo.

Entre algumas práticas fundamentais para uma gestão de estoque eficaz, podemos destacar: cadastro padronizado, acompanhamento do giro dos produtos, previsão de demanda, inventários cíclicos e integração com área de Compras e Comercial, que vão auxiliar ao compor um estoque mais condizente com a realidade.

3. Acompanhamento de indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho são excelentes recursos, e melhor, qualquer gestor pode utilizar para avaliar sua operação logística. A ideia é fazer uso dessa ferramenta para analisar os resultados dos processos, compará-los aos objetivos e avaliar se os esforços empregados foram suficientes.

Além disso, são também excelentes meios de identificar falhas processuais. Para monitorar as operações, pode-se calcular: nível de serviço de entregas, frete (por região, cliente, rota, etc), índice de avarias e extravios, índice de atendimento de pedidos e custos totais, mas esses são apenas alguns exemplos.

4. Investimento em tecnologia

Existem inúmeras soluções disponíveis no mercado, voltadas para otimizar os mais diversos processos em uma empresa. O essencial é contar com soluções que ajudem a automatizar as rotinas, porém, que ofereçam ao mesmo tempo a possibilidade de integrar as atividades e setores, mantendo a comunicação fluida e de forma mais precisa.

5. Aluguel de galpão

O aluguel de galpões é uma estratégia excelente para promover a redução de custos e aprimorar as operações logísticas. Trata-se de uma opção que ajuda a situar o Centro de Distribuição em localidades mais estratégicas. Ela é altamente escalável, podendo comportar o aumento de movimentação de materiais, e ainda gera custos menores do que os de manter uma estrutura própria, além de outros benefícios.

Espalhe esse post!

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de
Whatsapp